Auxílio Brasil 2022, quem vai receber, como se cadastrar

O Auxílio Brasil 2022 foi aprovada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal para que fosse possível ajudar um número grande de famílias e indivíduos em todo o Brasil, podendo auxiliar e fazer com que as pessoas beneficiadas tenham um amparo, principalmente, após esse momento atípico que todo o mundo vivenciou. A seguir, falaremos com um pouco mais de detalhes sobre esse programa, inclusive, a respeito do calendário do Bolsa Família 2022. Acompanhe!

O que é o Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil é um novo programa de assistência social que entrará no lugar do Bolsa Família. Seu início será no mês de novembro, depois que o auxílio emergencial de 2021 chegar ao seu fim. O programa está organizado para ampliar e beneficiar um número maior de cidadãos com valores maiores do que a média.

auxilio brasil

Quem vai receber o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil destina-se a uma parcela específica da população, por isso, quem irá receber este benefício oferecido pelo Governo são as famílias que possuem renda mensal por cada pessoa de até R$ 89,00, sendo classificados como extrema pobreza e famílias de renda por pessoa de R$ 89,01 até R$ 178,00, classificando pobreza.

Estes valores são todos de acordo com o Bolsa Família, podendo sofrer alteração de acordo com o programa do Auxílio Brasil. De toda forma, é obrigatório a apresentação de documentos ou dados do CadÚnico atualizados do beneficiário.

Saiba mais sobre outros artigos que possam te ajudar:

Como fazer o cadastro 

De forma presidencial, o cadastro do Auxílio Brasil pode ser feito nas prefeituras de cada cidade em específico. Normalmente, quando os cidadãos vão buscar pelo programa pessoalmente, o atendimento é feito no posto de atendimento do Bolsa Família ou do Cadastro Único ou no Centro de Referência de Assistência Social, conhecido pela sua sigla CRAS.

Para tanto, é preciso que um membro da família se responsabilize para mandar as informações e fazer o cadastro como responsável pela unidade familiar. É preciso ter mais de 16 anos, apresentando título de eleitor ou CPF e, sendo mulher, de preferência. Para fazer a solicitação completa, tais documentos precisam ser apresentados:

– Certidão de casamento, se for casado (a);

– Certidão de nascimento;

– RG;

– CPF;

– Título de eleitor;

– Carteira de Trabalho;

– Registro administrativo de nascimento indígena, em casos de cidadãos indígenas.

Aqueles que não possuírem documentações ou registro civil pode fazer a inscrição no , desde que aguarde os documentos estiverem em ordem para que seja possível entrar para o programa. Após aprovação, de acordo com o calendário do Bolsa Família 2022, o auxílio será pago a partir do dia 18 até 29 de janeiro, variando de acordo com os últimos números do NIS.

Qual valor do benefício em 2022?

O valor do benefício no ano de 2022 será mantido conforme os valores do Bolsa Família, porém, com uma ampliação. Por esta perspectiva, João Roma, Ministro da Cidadania pontuou que será preciso ampliar o orçamento governamental para até R$ 60 bilhões, considerando que a proposta pretende elevar o valor de R$ 190,00 para R$ 300,00, beneficiando um total de 17 milhões de famílias brasileiras.

Qual a diferença entre o Bolsa Família e o Auxílio Brasil

Os dois programas sociais que possuem o objetivo de tirar brasileiros em situações precárias possibilitam benefícios a famílias em que há crianças e adolescentes. No entanto, o que diferencia um do outro é que o Auxílio Brasil, novo auxílio do governo, de forma teórica, dá prioridade para a primeira infância.

Ou seja, este benefício é priorizado em caso de famílias que têm membros de até 3 anos não completos. Mas, de forma ampla, os dois possuem os mesmos objetivos e atendem, praticamente, o mesmo nicho de cidadãos, sendo diferenciado pelas suas questões prioritárias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top