Que dia cai o auxílio emergencial 2021? Saiba como contestar

Que dia cai o auxílio emergencial 2021? Saiba como consultar e contestar.

Com esta segunda rodada do benefício muita gente quer saber que dia cai o auxílio emergencial 2021. Além destas há outras dúvidas sobre estes pagamentos. Vamos aqui, de forma sucinta, esclarecer sobre as datas de pagamentos do auxílio emergencial 2021, qual valor do benefício e quem tem direito a receber

O auxílio emergencial 2021 – Segunda rodada

O Auxílio Emergencial 2021 é um benefício em dinheiro destinado às pessoas que receberam este auxílio em 2020. Esta segunda rodada do pagamento do benefício é apenas para quem teve direito o ano passado, não há um novo cadastro, quem não recebeu em 2020, não poderá solicitar este auxílio 2021.

Antes de saber que dia cai o auxílio emergencial 2021 é bom saber quem tem direito e quem não tem, confira.

Que dia cai o auxílio emergencial 2021

Quem tem direito ao auxílio emergencial 2021

O auxilio emergencial 2021 segue um critério especifico. Veja:

Esta nova rodada de pagamento do Auxílio Emergencial 2021 é pago somente a quem teve direito ao auxílio emergencial 2020. Não há nova solicitação em 2021 e que não estava enquadrada nas seguintes situações:

Quem não tem direito ao auxílio emergencial 2021

O Auxílio Emergencial 2021 não será pago à pessoa que:

  • Tem emprego formal no momento;
  • Recebe benefício do INSS, seguro-desemprego e outros benefícios, exceto abono do PIS/Pasep ou Bolsa Família;
  • Tem renda familiar mensal per capita acima de meio salário mínimo (R$ 550, neste ano);
  • É membro de família com renda mensal total acima de três salários mínimos (R$ 3.300, neste ano);
  • Recebeu, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
  • Tinha, em 31 de dezembro de 2019, posse ou propriedade de bens ou direitos com valor total superior a R$ 300 mil;
  • Recebeu, em 2019, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil;
  • Era dependente de quem declarou Imposto de Renda em 2019;
  • Está preso em regime fechado ou tem o CPF vinculado como gerador de auxílio-reclusão;
  • Teve o Auxílio Emergencial de 2020 cancelado;
  • Deixou de movimentar valores disponibilizados pelo Bolsa Família ou do Auxílio Emergencial;
  • É estagiário, residente médico ou residente multiprofissional, beneficiário de bolsa de estudo;
  • Mora fora do Brasil.

Qual o valor do auxilio 2021 e a quantidade de parcelas?

São quatro parcelas e o valor do auxilio varia de acordo com a composição da família:

  • Com uma pessoa, o valor é de R$ 150,00 cada parcela;
  • Família com mais de uma pessoa, o benefício é de R$ 250,00 cada parcela;
  • Caso a família seja chefiada por mulher sem cônjuge ou companheiro, com pelo menos uma pessoa menor de dezoito anos de idade o benefício é de R$ 375,00 por parcela.

Se for beneficiário do Bolsa Família, vai receber o valor que for maior.

Como é o pagamento

Inicialmente o pagamento será realizado na Conta Poupança Social Digital, pelo CAIXA Tem. Poderá fazer pagamentos pelo aplicativo, o valor só está disponibilizado para receber no banco em 04 de outubro, antes disso há um calendário de pagamento para cair o dinheiro na conta poupança digital.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento é feito da mesma forma que o Programa, ou seja, segue o mesmo calendário.

Mas que dia cai o auxílio emergencial 2021?

Vamos falar disso agora com mais detalhes, entenda:

Que dia cai o auxílio emergencial 2021?

Se você tem direito ao auxílio emergencial 2021 fique atento às datas de pagamento do seu benefício.

Veja que dia cai o auxílio emergencial 2021:

Os créditos são feitos na conta social Poupança Digital Caixa Tem de acordo com mês de nascimento, mas preste atenção que no primeiro momento o dinheiro estará só disponível no aplicativo, ai poderá fazer pagamentos via app.

Este outro calendário é do saque e começa dia 04 de maio, portanto é nele que sua pergunta “que dia cai o auxílio emergencial 2021?” Veja que são 4 ciclos de pagamentos, ou seja, 4 parcelas.

Por exemplo, quem nasceu em janeiro pode fazer o saque o primeiro saque em 04/05, o segundo em 08/06, o terceiro em 13/07 e o quarto saque em 13/08.

Agora para quem recebe o Bolsa Família, o saque é realizado de acordo com o mesmo calendário do Programa Bolsa Família, mas segue abaixo o calendário para não perder a data. Lembre-se que o valor não é cumulativo, vai receber o que for maior.

Recebi o auxilio 2020 e não fui aprovado para receber o auxílio emergencial 2021, o que faço?

Caso tenha recebido o auxílio emergencial 2020 e não receba o auxilio 2021, faça uma contestação pelo site do Ministério da Cidadania. Para isso faça uma consulta online da sua situação https://auxilio.caixa.gov.br/#/acompanhamento-validacao

Pode aparecer 3 situações, veja:

Elegível: cidadão que está apto a receber o benefício;

Em processamento: requerimento retido pelo Ministério da Cidadania para cruzamentos de dados adicionais;

Inelegível: cidadão não atendeu aos critérios para receber, mas lembre-se que só vale para quem recebeu o auxílio no ano anterior. Se quiser contestar caso não tenha tido direito ao de 2020, nem tente, pois não vai poder.

Para contestar poderá fazer no ato da consulta, caso sua situação seja inelegível, aparecerá a opção “Solicitar Contestação”, outra forma é por meio do canal de atendimento 121.

Rate this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Top