Quais as chances de uma nova prorrogação do auxílio emergencial?

Com a crise econômica que foi imposta pelo período de pandemia da Covid/19, que ainda acontece no Brasil e em parte do mundo, muitas pessoas ficaram desamparadas e com graves dificuldades de obter uma renda e, com isso, dar sustento ao seu lar.

Nessa linha, sabendo da grande crise que alastra a população brasileira, o Governo Federal, ainda no ano de 2020, que foi o ápice pandêmico e do desemprego, implementou o famoso Auxílio Emergencial.

Assim, o auxílio emergencial foi pensado justamente para as famílias que se encontram em vulnerabilidade depois dessa catástrofe econômica e grande onda de desemprego que assola o país, desse modo, o auxílio emergencial foi a salvação de muitas famílias de baixa renda.

Seguindo, no ano de 2020, o auxílio emergencial pagou, ao todo, nove parcelas para as pessoas que se enquadravam no programa, sendo cinco delas no valor de 600 reais e quatro delas no valor de 300 reais.

Com isso, o pagamento do auxílio emergencial cessou em dezembro de 2020 e não tinha mais nenhum planejamento de seu adiamento. Porém, com uma pressão popular muito grande e com parte dos parlamentares do Congresso Nacional pressionando o Governo Federal, o auxílio emergencial retornou as parcelas e teve uma ampliação.

Desse modo, seria realizado o pagamento de mais quatro parcelas, que seriam entre os meses de abril a julho de 2021. Contudo, com a pandemia muito forte ainda no Brasil, com um grande aumento no número de mortos e de contaminados, o Ministério da Economia prorrogou por mais três meses o pagamento do auxílio emergencial em 2021.

Dessa forma, depois das prorrogações, desde o início do auxílio emergencial, ele se findou agora no mês de outubro de 2021, com isso, muitas pessoas estão apreensivas para entender se o auxílio será estendido ou se vai acabar de vez. Porque muitas famílias dependem dele para o seu atual sustento devido ao alto desemprego e pela pandemia do país.

nova prorrogação do auxílio emergencial

É verdade que o auxílio emergencial vai até dezembro de 2021?

De início, não. Não tem nenhum planejamento concreto para que o auxílio emergencial seja prorrogado para até o mês de dezembro de 2021.

Dessa forma, essa é a posição atual do presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, que é contra a volta do auxílio, pois agora no mês de novembro vai começar o pagamento do Auxílio Brasil, que irá substituir o programa Bolsa Família.

Nessa linha, o presidente diz que não caberia orçamento para os dois programas de auxílio de uma só vez.

Saiba mais sobre outros artigos relacionados a esse:

Vai haver prorrogação do auxílio emergencial 2021?

Continuando, depois dessas palavras do presidente da república, uma declaração do ministro da economia Paulo Guedes, deu esperanças aos brasileiros que dependem do auxílio emergencial.

Com isso, o ministro disse em entrevista que não tem planos para que o auxílio emergencial passe do mês de outubro, pois ele foi criado para a emergência da pandemia e a ideia é acabar ele junto com a campanha de vacinação do Covid/19.

Porém, as palavras que deram esperança ao povo, foi a afirmação de Paulo Guedes sobre um estudo para entender os impactos que a pandemia ainda causa no orçamento dos brasileiros e se for comprovado que o auxílio emergencial é essencial, deve ser pensada a sua prorrogação para o ano de 2022.

Quais as chances de uma nova prorrogação do auxílio emergencial?

Depois de expostas todas as notícias que envolvem o auxílio emergencial pelos que podem prorrogar ele, fica evidente que uma nova prorrogação é muito difícil, mesmo com as palavras do ministro Paulo Guedes.

Assim, isso acontece pela implementação do programa Auxílio Brasil, que está sendo difundido muito pelo Governo Federal.

Rate this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Top