Como calcular o CDI de 100%, 130% 200%, 220%

Saiba aqui como calcular o CDI, como calcular a rentabilidade de seu investimento atrelado a esta taxa.

Desde os anos 90 para cá, o Brasil vem sofrendo grandes mudanças no ramo econômico, em que o tempo tem mostrado que ter uma reserva de valores investidas em algo que seja 100% seguro é o ideal para ser uma família prevenida.

Com isso, dentre os milhares de investimentos existentes no mercado, o melhor para esse tipo de situação, em que sempre o resultado será positivo e os riscos corridos são quase nulos, são os investimentos de renda fixa.

Nesse sentido, o grande pilar quando é falado sobre investimentos de renda fixa se trata do CDI, mas você sabe exatamente o que é o CDI e como ele tem relação com a taxa DI e a taxa Selic?

Com isso, pensando em ajudar o maior número de pessoas possíveis, hoje vamos demonstrar, de uma maneira didática, como funciona o CDI, sua relação com as outras taxas do mercado e como você pode calcular o CDI no decorrer do tempo com uma calculadora oferecida pelo Banco Central.

Portanto, fique com a gente até o final e descubra tudo o que você precisa saber sobre o CDI e como ele é importante para os investimentos de renda fixa do país. Ademais, caso o post te ajude de alguma maneira, compartilhe ele com seus amigos e familiares, até porque saber sobre investimentos em um país como o Brasil, é essencial.

Como calcular o CDI

O que é CDI?

De início, vamos entender o que significa a sigla CDI, sendo ela o Certificado de Depósito Interbancário, assim, o nome já é auto sugestivo, em que o CDI é uma taxa de juros em que os bancos utilizam para emprestar dinheiro um para o outro.

Nesse viés, pela legislação brasileira vigente, nenhuma instituição bancária pode fechar com um número maior de dívidas do que de saldo no fim do dia. Contudo, em alguns casos isso pode se tornar difícil, pois pode ser que certo banco tenha mais retiradas que depósitos no dia.

Destarte, por esse motivo, existe o CDI, em que o banco empresta dinheiro para o outro e em alguns dias depois esse dinheiro volta aos cofres do banco que emprestou com uma taxa.

Além disso, o CDI é fundamental em investimentos de renda fixa, porque ele acompanha a Taxa Selic de perto, tendo uma mínima variação, isso acontece para estabilizar a inflação do país e quanto maior a Selic, maior o rendimento proposto pelo CDI.

Seguindo, o CDI é realizado pela Taxa DI, sendo ela que acompanha de perto a Selic e faz com que o nosso suado investimento de renda fixa renda de uma maneira melhor.

Sobre as porcentagens de CDI

Dando continuidade, você já deve ter percebido no momento em que procura investimentos ou vai se informar sobre a renda fixa, toda instituição bancária traz em seus anúncios “rende a 100% do CDI, 120%” entre outros valores.

Com isso, o mais comum das instituições bancárias oferecerem é o valor de 100% do CDI na aplicação, ou seja, no mês de setembro de 2022, o CDI está rendendo 13,65% ao ano, ou seja, caso você aplique um dinheiro em uma conta que renda 100% do CDI e deixe ela por um ano rendendo, no final terá um aumento do seu patrimônio de 13,65%.

Todavia, para se mostrar mais atrativo, algumas instituições oferecem investimentos com uma porcentagem maior do CDI, sendo de 110%, 120% e até mesmo 220%.

Isso acontece, para que seja captado mais clientes e ele tenha um rendimento maior no final de sua aplicação, no exemplo do CDI render 150%, no período de um ano, com a taxa de rendimento atual de 13,65%, o patrimônio da pessoa cresceria, aproximadamente, 20,4% em um ano.

Como calcular o CDI e bancos que oferecem esse investimento

Agora, depois de saber a importância do CDI e como ele influencia de maneira direta o rendimento das aplicações de renda fixa, você deve querer saber como ele é calculado e como descobrir sua variação conforme os anos.

Isso é muito simples, o próprio Banco Central do Brasil dispõe à população uma Calculadora de CDI, em que você coloca a data inicial de sua aplicação, a data final desejada, o dinheiro aplicado, que essa calculadora vai dar o resultado final de quanto dinheiro você tem que ter no final do período corrigido pela porcentagem escolhida do CDI.

O link da calculadora é este, então se divirta e faça as suas simulações.

Estamos acostumados sempre ao ouvir falar em CDI e CDB, mas afinal o que é CDB – Certificado de Depósito Bancário, e é um título de Renda Fixa emitido por bancos para captar recursos.

Veja como calcular o CDI de maneira fácil

O CDI pode é uma taxa que pode varia de mês a mês, veja um exemplo prático de como calcular o CDI em um aplicação.

Exemplo:

Um um CDB que rende 120% do CDI. Isso significa que ele terá um retorno de 20% além da taxa do CDI.

Se o CDI estiver 13,65% ao ano, por exemplo, basta multiplicá-lo pelo percentual da aplicação. O jeito mais fácil de fazer isso é transformando a rentabilidade em número decimal.

Ou seja: 1,2 x 13,65 = 13,84.

Portanto, o investimento renderá 16,38% em um ano.

calculadora CDI

Por fim, como o investimento em CDI é muito comum no mercado financeiro, quase todos os bancos oferecem o investimento em 100% do CDI, mas vale destacar aqueles de rendimento automático, em que é só depositar o dinheiro que já começa a render na porcentagem de CDI.

Os principais bancos dessa linha é o Iti Itaú, Pic Pa, Mercado Pago e o PagBank.

Calcular a Rentabilidade

Agora, se você encontrar um investimento que renda uma porcentagem acima ou abaixo do CDI, basta multiplicar a taxa pela porcentagem, como:

Rentabilidade Cálculo
95% do CDI 13,65 x 95% = 12,96%
220% do CDI 13,65 x 220% = 30,03%

Assim, quanto maior a porcentagem em relação ao CDI, maior será o rendimento do título. Via de regra, dizemos que o mínimo aceitável é 100% do CDI, uma taxa bastante fácil de encontrar nos CDBs de liquidez diária, por exemplo.

4.7/5 - (9 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Top