Qual a diferença entre Bolsa Família e Auxílio Brasil?

O que é o Auxílio Brasil?

De início, o Auxílio Brasil é um novo programa do Governo Federal que tem o mesmo intuito do programa Bolsa Família, que vigorou por 18 anos no país e foi criado pelo governo Lula.

Nesse sentido, em linhas gerais, não existe diferença entre o Auxílio Brasil e o Bolsa Família no quesito propósito, que é ajudar as famílias da linha da pobreza e da extrema pobreza no Brasil.

Assim, apenas o nome foi adaptado por uma exigência do atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro.

Por fim, existe uma diferença de valores entre o Bolsa Família e o Auxílio Brasil, que será mais bem explicada a frente no artigo.

Qual a diferença nos valores desses programas?

Com isso, como dito anteriormente, a diferença desses dois programas é mínima, sendo apenas focado na mudança do ajuste dos nomes entre eles, mas a filosofia de ajudar as pessoas mais carentes continua a mesma.

Seguindo, existe uma diferença maior em relação ao valor recebido pelos programas, dessa maneira, enquanto o Bolsa Família paga 89 reais por família, com acréscimo se houver crianças e adolescentes, chegando a ter um pagamento médio nacional de 190 reais. Ademais, auxilia cerca de 14.7 milhões de pessoas.

Por outro lado, o Auxílio Brasil pretende ampliar o número de pessoas que recebem esse benefício para cerca de 17 milhões de pessoas beneficiadas, outrossim, quer ter o pagamento de 400 reais por mês, por família beneficiada, para ajudar a conter a inflação na renda das pessoas que mais necessitam de ajuda.

Contudo, o primeiro mês de vigor do Auxílio Brasil, que corresponde ao mês de novembro de 2021, não irá pagar esse valor de 400 reais. Dessa forma, ele vai pagar um reajusto de 20% em cima do valor que a família beneficiada recebia do Bolsa Família.

Isso se deve, pois ainda existem discussões no Ministério da Economia, sobre de que local irá vir os subsídios para pagar os 400 reais no Auxílio Brasil.

Porém, caso você seja um beneficiado, não precisa se assustar, pois o Governo Federal prometeu que em dezembro de 2021 vai recompor o valor que faltou em novembro, assim, as famílias irão receber 560 reais.

Preparamos outros artigos que você possam se interessar:

Quem é do Bolsa Família precisa se cadastrar no auxílio Brasil?

Não, sendo essa a pergunta mais frequente e que mais causa medo nas pessoas que já recebem o benefício do Bolsa Família.

Sobre isso, é preciso tranquilizar a todos, pois quem já recebe o Bolsa Família, automaticamente já está apto a receber o Auxílio Brasil de forma automática.

Com isso, não será necessário um novo recadastramento ou algo dessa natureza, pois apenas serão transferidos os dados já existentes de um programa para o outro.

Quais são os requisitos desses programas?

Ainda não há nenhum dado concreto para uma flexibilização de requisitos já existentes para o Auxílio Brasil, desse modo, os válidos atualmente são os mesmos requisitos de quem recebe o Bolsa Família.

Sendo eles ter a renda familiar por pessoa de no máximo 178 reais mensais.

Quais benefícios extras?

Dentre os benefícios extras e novos benefícios oferecidos pelo Auxílio Brasil pode ser citado os benefícios: primeira infância, composição familiar, superação de extrema pobreza, esporte escolar, iniciação científica junior, criança cidadã, produtividade rural e produtividade urbana.

Nesse sentido, ainda estão sendo definidos os critérios, mas se quiser saber mais os detalhes específicos de cada benefício extra entre no site do Governo Federal.

Como se cadastrar no Cadúnico?

Para realizar a inscrição no CadÚnico, uma pessoa da família tem que ser a responsável familiar, que será quem vai prestar contas dos dados de todo o núcleo familiar.

Essa pessoa tem que ser maior de 16 anos, ser portadora de CPF ou Titulo de Eleitor, seguindo, o cadastro deve ser feito nos CRAS ou em um posto do Cadastro Único e Bolsa Família e, por fim, pode ser feito na prefeitura municipal também.

Rate this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Top