Cálculo GPS Previdência Social 2021

Fazer o Cálculo GPS Previdência Social 2021 é simples e o melhor de tudo é que você ainda pode gerar a Guia da Previdência Social (GPS) pela Internet, sem a necessidade de ir até um Posto do INSS.

A Previdência Social é um seguro que o empregado tem direito de quando esse não mais puder trabalhar, temporária ou definitivamente. Qualquer trabalhador que possua carteira assinada já está automaticamente ligado a Previdência Social, pois os mesmos já tem em sua folha de pagamento, através do Cálculo GPS Previdência Social, um desconto mensal referente à mesma.

Guia Previdência Social

A sigla GPS significa Guia da Previdência Social e é um documento para pagamento de seguro recolhido pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social). O INSS tem como finalidade garantir ao contribuinte a aposentadoria, pensão por morte, auxílio doença, auxílio maternidade entre outras garantias previstas por lei.

O recolhimento do GPS pode ser feito pela empresa onde o funcionário é contratado, sendo descontado do seu próprio salário, um valor referente ao cálculo GPS Previdência Social, como também pelo contribuinte individual, contribuinte facultativo, empregador doméstico e pelo segurado especial, mediante o pagamento de carnê.

O contribuinte deve pagar mensalmente, durante um período determinado, uma certa quantia para poder ter direito ao benefício, caso o pagamento do GPS Previdência Social esteja em dias. Podendo ser o contribuinte individual, o facultativo e o empregador doméstico (relativo ao empregado), que estiverem recolhendo sobre o valor.

Cálculo GPS Previdência Social

 

Cálculo Previdência Social

A Guia da Previdência Social (GPS) pode ser gerada pela Internet, sem precisar ir ao Centro de Atendimento ao Contribuinte da Receita Federal ou ao INSS. A guia pode ser gerada para um mês específico ou para um período, desde que o período não seja anterior aos últimos 5 anos.

O vencimento da GPS para empregado doméstico foi alterado para o dia 7 de cada mês. Após o vencimento a GPS deverá ser preenchida manualmente.

Mas para fazer o cálculo é necessário saber as alíquotas de contribuição sobre cada faixa de salário, veja a tabela abaixo:

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PROGRESSIVA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS

até 1.100,00

7,5%

de 1.100,01 até 2.203,48

9%

de 2.203,49 até 3.305,22

12 %

de 3.305,23 até 6.433,57

14%

Para o cálculo GPS previdência social basta o interessado acessar o site oficial da Receita Federal e preencher os campos mostrados abaixo.

Escolha a categoria, informa o numero do PIS/PASEP  e depois coloque o código da figura.

cálculo GPS INSS

Veja Mais:

Previdência Social cálculo aposentadoria

A Previdência Social é um seguro que entre outras regalias garante uma aposentadoria ao contribuinte quando ele para de trabalhar.

O tempo de contribuição varia de acordo com o tipo de aposentadoria. O INSS administra o recebimento dessas mensalidades e paga os benefícios aos aposentados que contribuíram e que se aposentaram.

As empresas são responsáveis por descontar a contribuição dos funcionários contratados. No caso de autônomos e empregados domésticos, são os próprios interessados que devem fazer o pagamento, usando um carnê.

Os tipos de aposentadoria são:

  • Aposentadoria especial
  • Aposentadoria por idade
  • Aposentadoria por invalidez
  • Aposentadoria por tempo de contribuição

Para o cálculo de tempo de contribuição, o trabalhador pode acessar o site oficial da Previdência Social.

Para o cálculo de GPS aposentadoria, basta o contribuinte preencher os campos do sites oficial da  da Previdência Social

GPS é uma importante guia que assegura ao trabalhador garantias que tem por direito. Não é complicado o cálculo da previdência social, bem como GPS aposentadoria acessando os links acima listados.

Pagamento em atraso, o que fazer?

  • Empregado doméstico: pode ser realizado para qualquer época, uma vez que segue legislação própria que leva em consideração o salário registrado na carteira de trabalho;
  • Facultativo: o facultativo que tenha deixado de recolher só pode calcular sua contribuição pela Internet se ainda possuir qualidade de segurado (seis meses). Para o cálculo de competências vencidas há mais de 6 meses é preciso procurar uma Agência da Previdência Social, para confirmar se entre uma contribuição e outra não houve intervalo sem contribuição superior a 6 meses;
  • Contribuinte individual: pode calcular contribuições em atraso pela Internet, a partir do primeiro recolhimento em dia nessa categoria ou do cadastro da atividade na Previdência Social, e desde que em período inferior aos últimos cinco anos fiscais. Para o cálculo de períodos mais antigos o contribuinte deve se dirigir ao INSS a partir do dia 16 de cada mês;
  • Comprovação de atividade: se o Contribuinte Individual não tiver atividade cadastrada na Previdência Social, não possuir o primeiro recolhimento em dia ou quiser efetuar recolhimento de período decadente, poderá solicitar o recolhimento em atraso nas Agências da Previdência Social mediante comprovação do exercício da atividade durante o período em que está em débito.

Saiba que a Central 135 não calcula contribuições em atraso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top